caju com manga

confia

 

IMG_20181228_212456_406

 

há tempos tenho pensado sobre o que falar aqui no blog. me faltaram palavras, neste último trimestre. me faltou tempo, no último ano. e ar, junto daquilo que ele traz: movimento. 2018 não foi fácil pra ninguém que eu conheço – chacoalhar as nossas colunas e ver se sobrava pedra sobre pedra -foi essa a sua missão.

sim. as pedras estão aí (ou o que sobrou delas). quais usaremos pra essa recontrução? quais servirão de alicerce? quais irão pro aterro?

eu, vítima da minha vênus em áries e lua em leão, achava que estava decidindo algo, logo eu, invocadora e defensora do livre arbítrio… dramática de carteirinha, posso agora, finalmente, parar de me culpar. e entender aceitar que tudo está dado. Mas não, péra, se não sou eu quem estou decidindo, quem de fato está?

termino esse breve raciocínio com mais dúvidas do que quando comecei. termino este ano com menos certezas do que tinha no seu início. acabo este parágrafo analisando cada uma dessas pedrinhas que pularam dos meus terremotos de 2018 – e os que lhe precederam, óbvio, com um único conselho que esta mulher de (quase) 39 anos daria para ela mesma aos 19  : não dá pra te explicar nada agora: confia no tempo e nas experiências que ele lhe trará. 

 

 

Feliz 2019.

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s